Um espaço de encontro e troca de saberes e fazeres. A Rec – Escola Recife de Formação Livre começou a funcionar há pouco mais de um mês, no Edifício Texas, na Boa Vista, com a proposta de oferecer aprendizado em diversas áreas de conhecimento.

Projeto de Pedro Escobar, nome à frente do Texas, a Rec.Escola vem sendo pensada por ele há um tempo. O desejo de fortalecer a cadeia produtiva cultural, que já se dava com os diversos eventos do edifício, ganha agora outra (mais uma) dimensão: a difusão de conteúdo/conhecimento.

“São cursos ligados à criatividade, arte, sociedade e filosofia. O nosso ideal é que possamos fazer o conhecimento circular com mais dinâmica e que possamos de alguma forma atiçar e oferecer um espaço de troca de ideias com mais praticidade”, explica Escobar.

Texas: um casarão do século passado para comer, beber e respirar cultura

A Rec Escola é uma iniciativa de Pedro Escobar, do Texas (Foto: Reprodução/Facebook)

A Rec.Escola, até então, tem focado em cursos/oficinas que não estão no circuito convencional de aprendizado, mas que despertam o interesse de uma parcela da população. Já aconteceram lá: oficina de discotecagem, com a MaddaM“Ambientes sonoros imersivos, uma perspectiva de uso e criação” , com Thelmo Cristovam; “Cuidadores do Brincar”; e oficina de percussão com o músico senegalês Cheikh Guissé.

Os cursos, em geral, são rápidos. “A ideia não é, necessariamente, fazer um curso de um mês ou uma faculdade. Mas algo em que consigam se desenvolver alguns pontos de forma mais concreta e objetiva, de forma mais prática, para que a pessoa possa aprender e se aperfeiçoar, ter essa base técnica para a sua produção”, destaca Escobar.

Para ele, no Recife existe muita gente produzindo e criando, mas que necessita ter o domínio de determinados conhecimento para ampliar a qualidade e o alcance dessa produção.

“A gente tá num momento necessário desses encontros, de criar mecanismos de fortalecimento de uma cultura que precisa ser mostrada. Qualificar e capacitar uma população que tá empenhada em produzir conteúdo é uma dessas formas”, continua Escobar.

O que vem por aí

A próxima atividade prevista na Rec é “Vivência do Retrato Presente”, com a fotógrafa Flora Negri. Será no dia 16 de junho (um sábado), das 14h às 18h. O investimento é de R$ 120. Mais informações, pelo email floravnegri@gmail.com.

Quem também aportará por lá, um pouco antes, é o premiado ilustrador Odilon Moraes, no encontro “O que é o livro ilustrado”, que será nos dias 9 e 10 de junho, das 9h às 17h, com investimento de R$ 450. Essa atividade é realizada pela produtora Lindeza, e tem a Rec como apoiadora.

Rec – Escola Recife de Formação Livre
Endereço: Edifício Texas – Rua Rosário da Boa Vista, 163 – Boa Vista
Facebook: /escolarecife
Instagram: @rec.escolalivre