Em 2018, completam-se 37 anos sem a presença física de Robert Nesta Marley no planeta. Principal artífice do reggae, Bob Marley representa não só o ritmo, como a própria diáspora africana. Foi num dia 11 de maio que ele partiu.

O Dia Nacional do Reggae – ritmo que Bob defendeu com maestria – é celebrado nesta terça (15), na edição de maio da Terça Negra. A partir das 19h, o Pátio de São Pedro, em Santo Antônio, vai reunir rastafáris para celebrar o principal legado de Marley no mundo.

Coletivo Pátio Criativo é trincheira de resistência e produção

Marlevou é uma das atrações desta Terça Negra (Foto: Ericson Silva)

Se apresentarão nesta edição as bandas Massapê, Marlevou e Positividade. Desde o início da Terça Negra, acontece o “tributo a Bob Marley”, para relembrar a data de falecimento do músico.

“Em 2000, a gente fez um levantamento e existiam mais de 60 bandas de reggae atuando na RMR”, lembra Demir da Hora, coordenador da Terça Negra. “Esse tributo acaba também apresentando as principais bandas de reggae que estão aparecendo no cenário musical de Pernambuco”, diz.

Terça Negra de Maio – Tributo a Bob Marley
Terça (17), a partir das 19h
Pátio de São Pedro | Bairro de São José
Acesso gratuito