Atualizado em 13/3/2018, às 14:59

A resistência da cultura negra. E não só isso: a resistência da cultura negra feminina. É com essa força motriz que a Terça Negra volta ao Pátio de São Pedro, em sua primeira edição pós-carnaval, que acontece hoje (terça, 13), a partir das 20h, no Pátio de São Pedro. O evento será em homenagem às mulheres.

Subirão ao palco Lady Laay – nome de destaque da cena contemporânea de rap e hip hop recifense – Coco de Zé Neguinho e Coco da Resistência.

Lady Laay é uma das atrações desta Terça Negra (Foto: Hamilton Castro/Dotfoto)

“A importância da mulher começa com a Mãe África, as Mães de Santo, e nos remete às guerreiras quilombolas: Dandara, Acotirene e outras tantas, como Anastácia, Luisa Main, Nzinga…. Hoje, elas fazem parte da nossa vida na luta por direitos iguais e ainda ter que enfrentar o machismo e a intolerância religiosa. Salve todas as Mães Pretas!”, exalta Demir da Hora, coordenador da Terça Negra.

O Retorno

Depois das quatro edições carnavalescas, realizadas entre os últimos meses de janeiro e fevereiro, a Terça Negra terá periodicidade mensal em 2018, sempre com programação definida pelo Movimento Negro Unificado.

O evento é uma programação do Movimento Negro Unificado, com apoio da Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Cultura.

Terça Negra em homenagem ao Dia Internacional da Mulher
Terça-feira (13), às 20h
Pátio de São Pedro, bairro de São Pedro, Recife
Entrada franca

Programação
20h
– Coco Zé Neguinho
21h – Lady Lay
22h – Coco da Resistência