Pedrinho é um garoto de 12 anos apaixonado por futebol, tanto como torcedor como jogador. Os pais do menino acham o esporte um desperdício e, nas vésperas de uma partida importante do campeonato, a chuteira de Pedrinho some. Essa é a história da animação Pedrinho e a chuteira da sorte, que será exibida no bairro, com a presença do diretor, o jornalista e escritor Marcelo Cavalcante, no 2º Cine de Rua em Setúbal, ao ar livre, no dia 29 de outubro. 

A programação de cinema adulto ainda está sendo fechada. O evento, em sua segunda edição, acontece na Rua Luiz Inácio Pessoa de Melo. Os ingressos colaborativos, a R$ 10, começam a ser vendidos nesta segunda (24) no food truck Malabar Pastel, estacionado na Luiz Inácio, e também com Marcelo Guimarães (um dos idealizadores e organizadores), através do telefone (81) 9.9698.0959 e do Facebook /julio.marcelo.guimaraes. Quem comprar o ticket colaborativo com antecedência ganha um pipoca.

Pedrinho e a chuteira da sorte nasceu como livro em 2013, com ilustrações do cartunista Humberto Araújo, editado pela Carpe Diem; foi para o teatro em 2014; e virou filme em 2015, com animação e concepção artística de Felipe Soares. Neste ano, o projeto foi aprovado no Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura (Funcultura PE), do governo do Estado, e vai se tornar uma série de TV com 13 capítulos em 2017.

Ao PorAqui, Marcelo explica que a mensagem de Pedrinho e a chuteira da sorte é mostrar que o esporte também faz parte do desenvolvimento social das crianças. "A obra também ressalta a amizade, o respeito às regras, a importância de a família apoiar o que as crianças gostam de fazer. É importante que o esporte seja visto não como um vilão que tira a atenção, mas algo que pode somar", argumenta.

Confira o trailer de Pedrinho e a chuteira da sorte:

Sugestões de pauta e colaborações em Setúbal? poraqui@jc.com.br ou (81) 3413.6529

LEIA TAMBÉM

Veja como foi o 1º Cine de Rua em Setúbal