Pallets que iriam para o lixo + tinta + pincel + rolinho + CDs velhos + mensagens reflexivas + mão na massa. Membros do Coletivo Setúbal resolveram unir esses elementos e fazer uma ação diferente neste fim de ano. 

Com pouco dinheiro e em mutirões, a turma montou as chamadas "árvores da consciência", com mensagens para que moradores e visitantes de Setúbal reflitam sobre as ações que tiveram em 2016 e o que querem levar para 2017.

Ontem (quinta, 22) à noite, as árvores foram espalhadas em vários pontos do bairro, como na esquina da Sá e Souza com a Capitão Zuzinha; no terminal, em frente à Padaria Setúbal; na rua do RM Express; na frente do Extrabom; na parada da 10 de Julho com a Waldemar Nery; na Sá e Souza depois da Maysa.

As mensagens são do tipo: "O trânsito está pesado, né? Mas você já experimentou dar uma carona solidária?", "Você acha que idosos devem ser respeitados? E a vaga preferencial, você respeita?" e "Você acha que nosso bairro tem muitos problemas, que tal nos ajudar a achar soluções?". 

O Coletivo Setúbal ainda prestigiou o PorAqui, com a frase "Tá se sentindo por fora do que acontece no bairro? Mas e o PorAqui, já baixou?"   

(foto: Marcelo Guimarães)

LEIA TAMBÉM: Uma palinha do coral que se apresenta na Cantata de Natal em Setúbal


O PorAqui é a sua fonte de informação e publicação. Aqui você encontra estações de conteúdo hiperlocalizado e colaborativo. 

O jornal de bairro evoluiu! Baixe agora o app gratuito e cadastre-se:                    
Android:  bit.ly/poraqui-android
iOS: bit.ly/poraqui-ios

Sugestões e colaborações: setubal@poraqui.news

Em breve, estaremos em mais bairros.