Os disparos de ontem (quinta, 12) numa tentativa de assalto a um casal que saia de uma academia de ginásticas na Rua Copacabana foram realizados por um motoqueiro que passava pelo local e que não foi identificado pela polícia, pelo menos até o início da madrugada. 

Esta é a última informação a que a reportagem teve acesso. O caso foi registrado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

A versão da polícia é que os tiros partiram de um motociclista que passava pelo local no momento da investida. Ele teria alvejado o trio que abordou um casal de advogados, que não ficou ferido. Mas, nas redes sociais, há moradores do bairro comentando que os disparos foram efetivados por um segurança particular.

Um assaltante morreu no local, outro ficou ferido – e encaminhado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Imbiribeira – e um terceiro, que dava cobertura, conseguiu fugir. Os adolescentes exigiam dinheiro, celular e chave do veículo do casal. O grupo rondava o local com o objetivo principal de roubar carros.

O Instituto de Criminalística (IC) esteve no local do crime e não encontrou nenhum documento de identificação com o assaltante morto. O corpo do homem foi levado para o Instituto de Medicina Legal (IML), em Santo Amaro, área central da cidade.

Com informações do PorAqui, da TV Jornal e do JCOnline

Atualizado às 12h45

LEIA TAMBÉM: Tentativa de roubo acaba com assaltante morto na Rua Copacabana


O jornal de bairro evoluiu. No PorAqui, você encontra estações de conteúdo hiperlocal e colaborativo.

Baixe agora o app gratuito e cadastre-se: Android e iOS

Sugestões e colaborações: setubal@poraqui.news