É com espírito de ocupação das ruas do bairro que o telão será armado novamente neste sábado (29) na Rua Luiz Inácio Pessoa de Melo, na esquina com a Sá e Souza. A segunda edição do Cine de Rua em Setúbal, que começa às 18h, vai prestigiar o cinema pernambucano, com a presença de diretores. Na programação para adultos, serão exibidos três curtas de produção local, com destaque para À Margem dos Trilhos, de Pedro Severien e Marcelo Pedroso. 

Também estão na grade João Heleno dos Brito, de Neco Tabosa, e O Fim do Filme, de André Dib. Na programação infantil, serão exibidos Pedrinho e a Chuteira da Sorte, do também pernambucano Marcelo Cavalcante, e Jogo de Vôlei, da Turma da Mônica. Confira mais abaixo a programação completa.

O acesso é gratuito. Mas quem quiser pode contribuir: os ingressos colaborativos, a R$ 10, já estão sendo vendidos, no food truck Malabar Pastel, estacionado na R. Luiz Inácio, e também com Marcelo Guimarães, através do telefone (81) 9.9698.0959 e do Facebook /julio.marcelo.guimaraes. Quem comprar o ticket colaborativo com antecedência ganha um pipoca.

À Margem dos Trilhos

O trabalho de À Margem dos Trilhos nasceu de um diálogo coletivo a partir do movimento Ocupe Estelita e é uma reflexão sobre habitação popular e social e uma oposição ao projeto imobiliário Novo Recife no cais José Estelita. 

"Ocupar o espaço público é também lidar com temas transversais, a exemplo da segurança pública", comenta Pedro Severien. "É muito importante que esse diálogo continue em todos os bairros que sofrem com a especulação imobiliária. Porque o modelo de cidade que a gente deve pensar é um modelo inclusivo, em que possamos ter diversidade dentro dos bairros, nos tipos de moradias, com convívio das diferenças. O modelo do Novo Recife é excludente, ele tenta criar um só tipo de moradia, de luxo, empurrando para fora do centro quem tem um poder aquisitivo mais baixo. É um modelo de cidade que não funciona", avalia.

Pedro Severien realizou também os curtas Loja de Répteis, Canção para minha irmã, Rodolfo Mesquita e as monstruosas máscaras de alegria e felicidade, Carnaval inesquecível e São. Seus trabalhos foram selecionados para dezenas de festivais nacionais e internacionais, entre eles, Tiradentes, Brasília, Festival do Rio, Curta Cinema, Clermont-Ferrand, IndieLisboa, Kerala, Molodist, Janela, Havana e Cartagena. Todas as cores da noite é seu primeiro longa-metragem como diretor (Slamdance Film Festival, Mostra Internacional de Cinema de SP, Janela Internacional de Cinema). Severien é autor do livro de contos O homem que explodiu – bum!.

Confira a programação completa:

INFANTIL

Pedrinho e a Chuteira da Sorte (Marcelo Cavalcante/34'/2015)

Pedrinho é um garoto de 12 anos apaixonado por futebol, tanto como torcedor como jogador. Os pais do menino acham o esporte um desperdício e, nas vésperas de uma partida importante do campeonato, a chuteira de Pedrinho some.

Jogo de Vôlei  (Turma da Mônica/7'/2015)

As meninas querem jogar vôlei, mas os meninos vão fazer de tudo para tirá-las do campinho onde jogam futebol. Qual time vai ganhar essa disputa?

ADULTO

À Margem dos Trilhos (Marcelo Pedroso e Pedro Severien/7'/2014)

O filme é uma reflexão sobre o tema da habitação social, com foco na cidade do Recife, narrada a partir do trajeto feito pelo trem do forró, que parte das proximidades das torres gêmeas, passa pelo Cais José Estelita e cruza a ocupação da Vila Sul.Tema sempre em pauta, a habitação entrou na discussão sobre o destino de um terreno de 100 mil m² na orla da cidade – o Cais José Estelita –, para o qual há a proposta de um megaempreendimento imobiliário de 12 torres residenciais e comerciais que, como era de se esperar, não atenderá a parcela da população que mais necessita e que, inclusive, está estabelecida nos arredores da área.

João Heleno dos Brito (Neco Tabosa/20'/2014)

O filme foi gravado em Brejo da Madre de Deus, Lagoa dos Gatos e São Caetano. O enredo mostra como a morte de John Lennon fez surgirem rumores que alteraram o cotidiano do interior pernambucano. O cantor e compositor Tagore Suassuna, Harumi Harada, o artista plástico Daniel Araujo e Sóstenes Lennon Fonseca estão no elenco.

O Fim do Filme (André Dib/15'/2012)

O curta-metragem se passa numa vídeo locadora onde um atendente tem o hábito de sempre revelar o fim dos filmes aos clientes que lhe pedem indicações.

Sugestões de pauta e colaborações em Setúbal? poraqui@jc.com.br ou (81) 3413.6529

LEIA TAMBÉM

2º Cine de Rua em Setúbal divulga programação completa

2º Cine de Rua em Setúbal divulga atração infantil

Confira a programação completa do 1º Cine de Rua em Setúbal