Com colaboração de Daniel Uchôa*

O Coletivo Setubalize está programando uma nova ação para o bairro, uma ideia saindo do forno esta semana. O projeto educativo chamado Faixa Cidadã pretende auxiliar moradores e visitantes do bairro a atravessar as ruas com mais segurança nos horários de pico.

O local escolhido foi a Rua Sá e Souza, de grande movimento. A ideia é contratar bombeiros civis, em esquema de escala, para desempenharem as funções de agente de mobilidade, com eventuais primeiros socorros, para facilitar o trânsito.

O objetivo é que o profissional auxilie o bairro de segunda a sexta, em horários de grande fluxo, das 10h às 13h e das 17h às 20h, em caráter experimental durante um mês. 

A ação tem como objetivo ser, ao mesmo tempo, de proteção e de conscientização. Enquanto os agentes cuidam de tornar o trânsito menos caótico, serão distribuídos panfletos para pedestres, motoristas e condomínios, chamando a atenção para o respeito ao pedestre e a sinalização da faixa.

O projeto já foi orçado, ficou em R$ 3,1 mil. O coletivo agora está em busca de possíveis patrocinadores para tirar a ideia do papel.

*Daniel é sociólogo e empreendedor local. Amante do bairro, ele mora em Setúbal desde que nasceu e é fundador do Coletivo Setubalize.

RELEMBRE: Em protesto, moradores de Setúbal pintam faixa de pedestres pela terceira vez


O jornal de bairro evoluiu. No PorAqui, você encontra estações de conteúdo hiperlocal e colaborativo.

Para baixar o aplicativo: Android e iOS

Sugestões e colaborações: setubal@poraqui.news