Atualizado em 4/1/17, às 10h

Lá pelo meio da Rua Capitão Zuzinha, no coração de Setúbal, fica a Associação Nagai. É uma academia tradicional e muito rica em história, que teve um papel importante em alavancar o nível do judô pernambucano. O espaço foi fundado em 1971. 

A história começou, na verdade, em Piraju, interior de São Paulo, em 1935, quando Seu Nagai nasceu. De família de imigrantes japoneses, seus dias em Piraju foram curtos. Aos 11 anos, ele foi levado para São Paulo capital, onde começou uma imersão no universo do judô, que duraria toda a vida. 

Seu Nagai fez como a gente vê nos filmes do Karatê Kid, submeteu-se à disciplina do mestre Ryuzo Ogawa, no Bairro da Liberdade, onde aprendeu e desenvolveu-se não só no judô, mas também nas atividades domésticas.

Cinquenta e cinco anos depois de ter fixado residência no Recife e fundado a associação, Nagai é uma das três pessoas do Norte-Nordeste a ter chegado ao 9° dan da faixa preta. Segundo informou o estudioso em judô Rafhael Sampaio, no Ceará existem dois 9° dan de judô, um deles foi promovido em 2000, Antônio Lima (falecido em 2016), e Milton Moreira, que completará 100 anos em 2017.

Ele já educou no judô três gerações de pessoas, o que inclui inclusive alguns atletas de envergadura nacional e internacional, entre eles Katherine Campos, Mariana Barros e Guilherme Pinheiro, que fazem parte da seleção nacional.

(foto: Luana Nagai)

Seu Nagai caminha para o mais supremo dan do judô. Para ser o primeiro brasileiro a perfazer a caminhada e alcançar esse nível, ele precisa ainda manter-se em atividade por mais três anos, mas, para ele, isso não é um problema. Nagai diz que não sente a idade e, claro, atribui ao judô o segredo de uma vida tão longa, saudável e feliz.

Hoje Nagai segue a vida oferecendo sua técnica e sua sabedoria a jovens dedicados do Recife. Ele é a figura viva daqueles momentos em que o antigo encontra o moderno e deixa seu legado. A Associação Nagai é prova disso. 

R. Cap. Zuzinha, 605 – (81) 3341.1285


O PorAqui é a sua fonte de informação e publicação. Aqui você encontra estações de conteúdo hiperlocalizado e colaborativo. 

O jornal de bairro evoluiu! Baixe agora o app gratuito e cadastre-se:                    
Android:  bit.ly/poraqui-android
iOS: bit.ly/poraqui-ios

Sugestões e colaborações: setubal@poraqui.news

Em breve, estaremos em mais bairros.