Na próxima segunda (5), vai acontecer a 1ª reunião presencial dos participantes do grupo Policiamento de Setúbal. Será uma oportunidade para conhecer os integrantes da administração e obter feedbacks com os membros, além da possibilidade de opinar democraticamente sobre a percepção da violência na região.

A iniciativa surgiu como um grupo de WhatsApp, em julho, mas hoje vai além disso. Por conta própria, com informações da população e pesquisas, os administradores têm conseguido traçar um perfil dos assaltos em Setúbal. São informações valiosas, que não existem formalmente dentro da polícia, uma vez que Setúbal é, na verdade, uma localidade de Boa Viagem e, por isso, não conta com estatísticas próprias. 

Por conta própria, moradores elaboram primeiro mapeamento da violência em Setúbal

Conheça o grupo Policiamento de Setúbal, que ajudou a prender assaltantes nesta semana

Atualmente o grupo no WhatsApp é formado por oito moradores, além do subcomandante e membros do 19º Batalhão. Ao todo, são 256 pessoas participantes (o limite permitido pelo aplicativo). Alguns dos resultados encontrados, nestes últimos dois meses, são preocupantes. Um dele é o alto índice de subnotificações, principalmente de arrombamentos – em quase 60% das narrativas, não foi feito Boletim de Ocorrência.

Saiba quando e como registrar um Boletim de Ocorrência pela internet

Também já foi constatado que os roubos aumentam em horários de chegada e saída de trabalhadores e estudantes: das 6h às 9h e das 17h às 20h. Percebeu-se também que as ocorrências de arrombamento são maiores do lado ocidental do bairro (entre o canal e o aeroporto) do que do lado oriental (entre o canal e a praia).

O encontro do dia 5 será às 20h na Igreja Adventista, na R. Copacabana, 250. Na reunião, esses e outros resultados serão apresentados e debatidos, assim como serão traçadas as próximas medidas a serem adotadas. É importante então que a população participe e se envolva. 

"Lembramos que a presença de todos os participantes é de extrema importância e que as pessoas que não puderem comparecer informem previamente à administração, através de Jéssica", avisam os administradores do grupo.

Setúbal terá reforço no policiamento com novas viaturas

Comandante e delegado falam da difícil situação do Estado para garantir a segurança