O Procon em Pernambuco deu início nesta semana a mais um Mutirão dos Superendividados, que segue até o dia 15 de julho, na sede da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos, na Praça do Arsenal, no Bairro do Recife. A oportunidade inclui dívidas com IPTU, Compesa e Celpe. 

TIM, Claro, Vivo, NET e Oi também participam. Os bancos, através da Federação Brasileira dos Bancos (Febraban) igualmente estão no mutirão. O atendimento é das 8h às 15h. Por dia, são distribuídas 200 fichas.

O consumidor sai do local com uma proposta de renegociação fechada após uma pequena audiência realizada no momento do atendimento. É preciso ter em mãos RG, CPF, comprovante de residência e um comprovante da dívida (pode até ser mensagem de celular).

"Conversamos com as empresas para que elas tragam propostas diferenciadas para os consumidores. Por isso o sucesso do mutirão", explica a gerente de atendimento do Procon-PE, Danyelle Sena. Este é oitavo mutirão que o órgão realiza.

Queixas – A oportunidade também serve para que o consumidor preste queixas. Nesse caos, é preciso levar original e cópia de RG, CPF e comprovante de residência, além de documentos que possam comprovar a reclamação, a exemplo de nota fiscal, ordem de serviço, fatura, comprovante de pagamento, contrato, entre outros. 

Caso no documento conste o nome de outra pessoa, que não seja o titular, é preciso procuração reconhecida em cartório.

Quer sugerir pautas ou ser colaborador(a) de Setúbal? Escreve para a gente: poraqui@jc.com.br.