Galo de Souza é rapper, escritor, produtor, cinegrafista e grafiteiro. Sua pluralidade artística e sua instiga podem ser rastreadas para uma grande vocação: a de contar histórias. Há 20 anos, o artista tem construído sua narrativa em tons coloridos e contornos pessoais e agora celebra essa trajetória com a exposição O Invisível Notável, que abre nesta quinta (15), às 19h, na Galeria Janete Costa.

Com obras presentes em muros do Recife e de cidades da Suécia, República Tcheca, Turquia, Alemanha, Portugal, entre outras, Galo de Souza é um artista internacional cujo rosto é conhecido por poucos. Recifense, 36 anos, ele também é uma incógnita para os seus conterrâneos, apesar da notoriedade dos seus traços. A abertura da mostra contará ainda como desfile e apresentações musicais, inclusive de Galo.

"O título da exposição vem um pouco dessa ideia da obra maior do que o artista, o que acho ótimo. Agora isso também é uma questão que vem mais das pessoas do que de mim, essa de não me ver. Porque eu me vejo em tudo que faço. Ali sou eu, minhas ideias, minhas emoções. O grafiteiro é o escritor da rua. Todos os meus trabalhos contam histórias, personagens refletidos na minha simbologia", explica.

Desde que começou a se dedicar à grafitagem, em 1996, sua produção tem sido intensa. A mostra, no entanto, não tem caráter retrospectivo. Todas as obras foram criadas em cerca de duas semanas de residência do artista na Galeria Janete Costa. No dia anterior à abertura, Galo dava os retoques finais no monumental mural que ocupa uma área de 6 metros de altura por 20 de largura, um dos destaques da exposição. 

Além da exposição e de seus trabalhos na rua, Galo de Souza atua em vários projetos simultaneamente. O artista adiantou ao JC que está escrevendo um livro com toques autobiográficos, mas também ficcionais. Nele, pretende contar sua história, assim como pontuar a trajetória de outros notáveis da arte de rua, revelando o universo dos notáveis invisíveis. A previsão é que fique pronto até 2019.

Em fevereiro, ele deve lançar na Janete Costa um documentário que documenta seu trabalho em várias cidades do mundo. Para finalizar, ele está em fase de mixagem de seu novo EP, que terá produção do sueco Shin The Beats.

Leia também: Parede extena do Lindu ganha contornos coletivos sob o comando de Galo de Souza

Com informações do JC


O PorAqui é a sua fonte de informação e publicação. Aqui você encontra estações de conteúdo hiperlocalizado e colaborativo. 

O jornal de bairro evoluiu! Baixe agora o app gratuito e cadastre-se:                    
Android:  bit.ly/poraqui-android
iOS: bit.ly/poraqui-ios

Sugestões e colaborações: setubal@poraqui.news

Em breve, estaremos também no seu bairro.