Do Jornal do Commercio

Nesta próxima quinta-feira (5), o diretor executivo de Proximidade do Grupo Pão de Açúcar (GPA), Marcelo Bazzali estará no Recife para abrir duas novas lojas da rede Minuto: uma em Setúbal, na Zona Sul da cidade, e outra na Madalena, na Zona Oeste. Com investimento de R$ 2 milhões, as unidades se somam às outras cinco que a bandeira já tem na capital, segunda metrópole brasileira a receber essa modalidade.

A loja de Setúbal, com 187 metros quadrados de área, será na Rua Professor Augusto Lins e Silva. Com um mix que varia entre 6,2 mil e 7,5 mil itens, cada unidade da rede emprega cerca de 22 pessoas e gera entre oito e 12 vagas indiretas.


Recife foi escolhida para fazer parte da expansão do Minuto – considerada pelo grupo sua atual “menina dos olhos” – por ser a segunda cidade do País em densidade demográfica, de acordo com pesquisas do GPA. A primeira é São Paulo. Tanto que só elas duas têm lojas Minuto Pão de Açúcar.

Focada em atendimento rápido para o cliente de classe média e com produtos do dia a dia e itens diferenciados, a bandeira também se posiciona como prática, instalando lojas sem preocupação com a proximidade e com ambientes inspirados em modelos europeus. A da Madalena, por exemplo, é a segunda do bairro e fica a menos de 700 metros da primeira.

Embora admita que os planos de expansão na Região Metropolitana do Recife dependam do comportamento da economia, Bazzali pode gerar inveja aos seus colegas de varejo. Ele afirma que seu segmento não precisa pressionar os preços para atrair consumidores. “Não é uma coisa que nos preocupa. Mas é lógico que nós, como varejistas, sempre procuramos oferecer o melhor preço para nosso cliente”, comenta o executivo.

Além disso, a bandeira Minuto coleciona avanços. O segmento é o que mais cresce depois do atacarejo (mix de atacado com varejo). Segundo o balanço do GPA do primeiro trimestre, o avanço de 10,9% da receita líquida no período foi o maior nível dos últimos 12 meses, principalmente pelo desempenho da Assaí, sua bandeira de atacarejo.

O resumo dos resultados destaca que o Assaí e as marcas de proximidade (Minimercado Extra e Minuto) são o foco do plano de expansão orgânica, por serem os formatos de maior retorno. Tanto que, no próximo mês, a primeira loja da rede no Recife vai completar um ano de operação – o que reflete praticamente uma loja aberta a cada dois meses.