Na noite da última segunda-feira (10), a equipe do 19º Batalhão de Polícia Militar de Pernambuco, responsável pela segurança na área, recebeu a denúncia de um ponto de venda de drogas localizado na Comunidade da Borborema, em Setúbal, na Zona Sul do Recife. O que chamou a atenção no caso é o denunciante: o próprio pai do garoto de 17 anos, acusado de ser o dono da droga.

LEIA TAMBÉM:

Óleo da garagem da Borborema contamina água e solo

Comunidade da Borborema enfrenta acúmulo diário de lixo

Mulheres Pró-Ativas: melhoria da infância na Comunidade Rio Azul. Saiba como ajudar

O pai do garoto alegou ter sido agredido pelo filho com socos e pontapés. Segundo a assessoria de imprensa da PM, o homem de 58 anos recebeu e autorizou a entrada dos policiais. A polícia apreendeu a droga e acompanhou o dono da casa, que depôs como testemunha do caso.

Foram apreendidos cerca de 600 g de crack, 194 big bigs de maconha e 50 g de maconha prensada, além de uma balança de precisão. O jovem fugiu pulando o muro do quintal de casa e ainda não foi localizado.