Atualizado em 3/10/16, às 17h40

Uma postagem nas redes sociais mobilizou moradores de Setúbal esta semana. Uma moradora do bairro que é zootecnista e tem conhecimento em manipulação de alimentos publicou uma reclamação contra o supermercado RM Express. Segundo ela, que preferiu não se identificar na reportagem, em diversas vezes foi comprar iogurtes no estabelecimento e encontrou a câmera de refrigeração sem funcionar, com os produtos expostos a uma temperatura natural. Ela diz que foi informada por um funcionário que o sistema, na verdade, estava quebrado, mas, após sua reclamação, a refrigeração foi novamente acionada, de acordo com o relato da cliente.

"Me senti lesada e achei obrigação minha repassar isso para a população", disse a consumidora ao PorAqui. O aplicativo procurou o RM para esclarecer a questão. A empresa, através da assessoria de imprensa, negou o ocorrido. Afirma que "o equipamento em questão estava com sua temperatura de acordo com o exigido pelas normas técnicas e dos fabricantes dos produtos. Mesmo assim, diante da informação prestada, foi realizada uma vistoria acerca do correto funcionamento do equipamento, tendo sido constatada a regularidade".

O supermercado disse ainda que "ao contrário do que foi afirmado, as câmaras frigoríficas de todas as lojas do Grupo RM funcionam 24h por dia, estando, inclusive, ligadas a geradores, exatamente para evitar que sejam desligadas em caso de falta de energia. Para tanto, dispomos de controles diários da temperatura de refrigeração, medidos com equipamentos devidamente homologados pelo Inmetro".

O PorAqui também consultou a Gerência de Vigilância Sanitária do Recife para saber quando e qual foi o resultado da última inspeção no supermercado. O órgão informou que "o estabelecimento é licenciado, tendo passado por vistoria no primeiro semestre". Pelo funcionamento da vigilância, ao receber uma denúncia, a equipe de inspetores volta ao local. As denúncias podem ser realizadas pela Ouvidoria da Saúde através do 0800 281 1520.

Atualização: Nesta segunda (3), a Vigilância Sanitária do Recife informou que, após a denúncia, foi novamente ao RM Express e constatou que "a temperatura para conservar os alimentos está adequada, sem nenhum sinal de recongelamento". Segundo a gerência do órgão, o supermercado também apresentou laudos das vistorias anteriores.

O presidente da Apevisa, Jaime Brito, lembra que cada produto deve conter, em sua rotulagem, as especificações de temperatura de armazenamento. "Quem diz a temperatura é o fabricante do produto e isso tem que ser obedecido", explica. Ele detalha que um flagrante de produto estragado pode render interdição do estabelecimento. Caso não haja o flagrante, mas os fiscais avaliem que, ainda assim, é necessário averiguar a situação, o produto é levado para análise. 

Confira a nota do RM na íntegra

Tomamos conhecimento do post sobre o suposto problema de refrigeração na loja da RM Express de Boa Viagem e trazemos alguns esclarecimentos:

O equipamento em questão estava com sua temperatura de acordo com o exigido pelas normas técnicas e dos fabricantes dos produtos. Mesmo assim, diante da informação prestada foi realizada uma vistoria acerca do correto funcionamento do equipamento, tendo sido constatada a regularidade do funcionamento. Atitude essa realizada não só como exigem as normas legais, mas principalmente pelo nosso desejo de atender a todos da melhor forma e com segurança.
 
Informamos também que, ao contrário do que foi afirmado, as câmaras frigoríficas de todas as lojas do Grupo RM funcionam 24 (vinte e quatro) horas por dia, estando inclusive ligadas a geradores, exatamente para evitar que sejam desligadas em caso de falta de energia. Para tanto, dispomos de controles diários da temperatura de refrigeração, medidos com equipamentos devidamente homologados pelo INMETRO.
 
É importante ressaltar que o Grupo RM existe há mais de 70 (setenta) anos, sempre tratando com respeito seus clientes, colaboradores e fornecedores. Além do mais, em decorrência da tradição do Grupo RM nos segmentos de distribuição e varejo (supermercado), conta com inegável credibilidade atestada por milhares de clientes que circulam mensalmente em suas dependências. 

Apesar do evento ocorrido, ressaltamos nosso compromisso com a Saúde Pública, passando periodicamente por fiscalizações dos órgãos sanitários, bem como mantendo suas instalações sempre de acordo com as exigências legais. Por fim, reafirmamos nosso compromisso com a qualidade dos produtos e serviços oferecidos, ratificando que a opinião dos nossos clientes é muito importante para nosso desenvolvimento.

Certos de sua compreensão e nos colocando à disposição para quaisquer esclarecimentos adicionais.

Grupo RM

Sugestões de pauta e colaborações em Setúbal? poraqui@jc.com.br ou (81) 3413.6543

LEIA TAMBÉM

Supermercado Extrabom vai abrir loja em Setúbal

Made in Setúbal: uma rede para estimular o comércio do bairro

Pesquisa comprova economia de 70% nas feiras agroecológicas

Minuto Pão de Açúcar inaugura loja em Setúbal