Do blog Vida Fit

Principal "estrela" da gastronomia junina, o milho, na forma natural, ainda é pouquíssimo consumido pelos brasileiros. Segundo a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), apenas 5% do cereal produzido no Brasil é consumido pelo homem.

Veja onde comprar e encomendar comidas juninas em Setúbal

O alimento, porém, é rico em  proteína, além de ser uma fonte de energia, pois  também contém carboidratos (essencialmente amido). Vitaminas B1, A e E, sais minerais e fibras também são outros nutrientes em sua composição.

"Sua proteína, quando associada ao leite, é quase completa, isso porque ela não possui glúten. É uma proteína vegetal”, Karla Conolly, nutricionista.

Ao contrário do trigo e o arroz, que são refinados durante o processo de industrialização, o milho conserva sua casca, que é rica em fibras, nutriente funcional que atua reduzindo os níveis do colesterol e glicose no sangue e auxilia o bom funcionamento do intestino.

Já o óleo de milho, cuja gordura é polinsaturada, é uma das principais fontes de ômega 6 existentes, contribuindo para a prevenção de distúrbios cardíacos. Já seu elevado teor de  vitamina E previne a ação dos radicais livres.

Com tantos benefícios, eleja o milho como seu principal quitute na noite de São João. Cozido ou assado, tanto faz. O importante é não colocar manteiga, rica em gorduras e calorias.

LEIA TAMBÉM

Um guia de onde comprar e encomendar comidas juninas em Setúbal

A festa não para. Nesta quinta (23), tem mais arraial de rua em Setúbal

Boleria das Marias arma arraial e ensina a fazer bolo de milho verde

Aviso: neste sábado (25), não haverá Feira Agroecológica 

Um pequeno guia de onde tomar café da manhã nos fins de semana