Em 2017, vai ter bloco Amantes de Biana ano II e a festa já tem data: dia 11 de fevereiro, na Rua Luiz Inácio Pessoa de Melo. Os idealizadores (Daniel Uchôa, Bárbara Vilela, Bruno Pantoja e Arthur Mario) também estão programando uma prévia, em janeiro, mas dependem de patrocínio. Na 1ª edição, que aconteceu este ano, a rua ficou lotada. Teve banda e orquestra de frevo para embalar os foliões, além de banheiros, segurança e limpeza. A venda de camisas, a R$ 20, ajudou a custear o bloco. Ano que vem, a organização quer fazer um evento ainda maior.

Daniel Uchôa, um dos organizadores, membro do Coletivo Setúbal e empreendedor no bairro, é quem conta um pouco dessa história: "o bloco surgiu da vontade que  moradores tinham de festejar o Carnaval no próprio bairro. Logo a turma se juntou e decidiu reunir os vizinhos para montar um bloco realmente nosso. Na busca pelo nome, resgatamos uma lenda local que por algum tempo intrigou moradores, a tão falada Biana. Há dois anos, vários muros do bairro amanheceram pixados com uma repetida frase difamatória sobre Biana. Com o tempo, as pessoas se questionavam e elaboravam estórias para tentar decifrar quem era e o que poderia ter motivado tamanha raiva do pixador. O fato é que resolvemos exaltar o empoderamento feminino na figura de Biana ao escolhermos o nome Amantes de Biana".

Os empresários (locais ou não) que tiverem interesse em patrocinar o bloco Amantes de Biana podem entrar em contato com Arthur Mario (Tuca) pelo telefone (81) 9.9440.0929 ou pelo e-mail amantesdebiana@gmail.com.

Sugestões de pauta e colaborações? poraqui@jc.com.br / (81) 3413.6543 ou 6340

LEIA TAMBÉM

Bloco Amantes de Biana convida para frevar em homenagem a uma lenda urbana e contra o machismo