Do JCOnline

O serviço de Ouvidoria da Saúde da prefeitura do Recife, que recebe denúncias da população sobre focos do mosquito Aedes Aegypti através do número 0800 281 1520, não está conseguindo atender a demanda de ligações.

Segundo a prefeitura, as denúncias aumentaram em 40% desde a constatação do crescimento dos casos de microcefalia. Ao tentar entrar em contato com a Ouvidoria, as pessoas não conseguem completar a ligação, que cai ao fim de uma mensagem eletrônica.

De acordo com a assessoria da secretaria de Saúde do Recife, um aumento na espera pelo atendimento na Ouvidoria está associado ao crescimento das denúncias.

Entretanto, ao tentar contactar o serviço, a ligação sequer é completada. Ainda de acordo com a secretaria, outros canais podem ser usados pela população para a denúncia de focus do Aedes Aegypti.

Através do portal da prefeitura, é possível ter acesso a um endereço para que a denúncia seja feita de forma presencial, na Rua Marquês de Pombal, nº 115, no bairro de Santo Amaro, na área central da cidade.

No portal, também é possível formalizar a denúncia de focos do mosquito pela internet, através do serviço de Ouvidoria do Ministério da Saúde, que repassa as informações para os serviços competentes enviarem alguma resposta.

LEIA TAMBÉM

Moradores denunciam possíveis focos de aedes na Capitão Zuzinha

Imóveis abandonados recebem ação de combate ao Aedes aegypti

Aedes: bairro de Boa Viagem foi considerado de baixo risco