Com informações de Luana Ponsoni, do JC

A Prefeitura do Recife divulgou nesta sexta-feira (20) os detalhes que vão nortear o revezamento da tocha olímpica quando a chama chegar ao Recife, no próximo dia 31. O símbolo dos Jogos vai sair da Zona Norte por volta das 13h, tendo como ponto de partida a Rua Men De Sá, em Ponto de Parada. Vários bairros da cidade vão compor o trajeto que, ao todo, terá 35 quilômetros.

Em Setúbal, a tocha chegará à Av. Visconde de Jequitinhonha vinda da Av. Domingos Ferreira e seguirá pelas avenidas Armindo Moura e Boa Viagem. O ponto de chegada vai ser o Marco Zero, no Recife Antigo. Confira aqui o percurso completo.

“Diferente da Copa do Mundo, que teve várias cidades-sede, a Olimpíada é praticamente de apenas um reduto do Brasil, no caso o Rio de Janeiro. A gente sabe que algumas capitais vão receber alguns jogos (de futebol), mas não é a mesma coisa. Então o revezamento da tocha é a melhor forma de fazer o povo pernambucano se sentir parte desse grande evento”, afirmou o secretário de Esportes da PCR, Luiz Henrique Lira.

Para selecionar seus representantes, a administração da capital pernambucana usou como critério principal o fato de seus condutores serem atletas ou ex-atletas olímpicos residentes no Recife. Tendo esse parâmetro, um dos primeiros nomes escolhidos foi o do ex-jogador de vôlei Newdon Victor, de 79 anos.

Na década de 1960, quando a seleção brasileira da modalidade era inteiramente dominada por atletas do Sudeste, ele conseguiu ser o primeiro pernambucano a disputar os Jogos Olímpicos. Newdon era titular absoluto do time nacional que encerrou Tóquio-1964 em sétimo.

“Sem querer a gente acaba fazendo história, não é? Sinto-me muito orgulhoso e satisfeito de estar envolvido em um contexto desse. Mesmo com as dificuldades que o nosso País atravessa, é fantástico termos a oportunidades de vivenciarmos os Jogos Olímpicos no Brasil. Esse meu momento de condução da tocha é algo que vai ficar guardado e, com certeza, irei passar para os meus netos”, comentou Newdon.

Os demais nomes apontados pela PCR foram os de Adrianinha (basquete), Adriana Salazar (ex-nadadora), Ana Cláudia Ramos (vôlei), Giuseppe Regina (árbitro de vôlei), Ivanildo Vasconcelos (para-atleta de natação), Jemima Alves (ex-judoca), Nikita (ex-nadador e técnico de natação), Luís Silva (para-atleta de natação), Marcelo Falcão (árbitro de natação), Suely Guimarães (para-atleta de atletismo) e Yane Marques (pentatlo moderno). A pentatleta, inclusive, vai ser a responsável por fechar o revezamento, às 19h. A ordem dos demais condutores só vai ser conhecida no próximo dia 28.