Foram 51 kg de ração para cachorro doados. Fora vermífugo, biscoitinhos, ossinhos, sachês, material de limpeza. A turma do projeto ParCão Lindu – de criação de uma área exclusiva para cães no Lindu – fechou ontem (29) o material arrecadado durante o segundo encontro em prol do ParCão, no início de agosto. 

Tudo foi doado a ONGs, instituições que atuam pela causa animal, abrigos e cães sob cuidado de moradores de rua. A ideia é que o futuro ParCão seja usado também como local de convivência animal e eventos, incluindo iniciativas de adoção. O projeto teve a preocupação de criar uma área acessível a cadeirantes. 

Foi nesse segundo encontro, no início do mês, que o grupo de moradores recebeu a visita do prefeito do Recife Geraldo Julio, que garantiu apoio à execução do projeto. Além do pré-projeto, o gestor recebeu do grupo um abaixo-assinado defendendo o ParCão, com mais de 30 mil assinaturas, de gente de todo o Brasil.

O projeto revisado já foi entregue à PCR, e o movimento está agora finalizando a questão orçamentária. O ParCão Lindu tem sido desenvolvido através de uma iniciativa civil, assim como aconteceu no ParCão Santana, na Zona Forte, o primeiro equipamento a receber um espaço exclusivo para cachorros

Veja como ficou o pré-projeto do ParCão Lindu

Moradora explica por que é contra o projeto do ParCão Dona Lindu

Fotos: divulgação/ONG Julietas SOS Animal

Sugestões e colaborações? poraqui@jc.com.br ou (81) 3413.6543