Do PorAqui com JCOnline

Nesta época de São João, muita gente que vive na capital costuma viajar para as cidades do interior. Nessas horas, é preciso pensar no que será possível ”levar na mala” e, às vezes, nem tudo pode ir junto na viagem.

Para quem é dono de um bicho de estimação e não pode viajar com o animal, os hotéis para pets são uma opção para, mesmo distante, o tutor ter a certeza de que o seu companheiro está sendo bem cuidado.

É bom lembrar que, para ficar hospedado, o pet precisa estar com a vacinação em dia. Também é preciso estar quite com a prevenção contra carrapatos e pulgas.

Para quem vai ficar na cidade ou vai levar o pet para os festejos, Rafael Luiz Júnior, veterinário e proprietário do Planet Pet, na Rua Dez de Julho, em Setúbal, lembra que existem hoje no mercado medicamentos tranquilizantes homeopáticos que podem ajudar a acalmar os bichos que têm medo de fogos de artifício.

“Os medicamentos homeopáticos não vão dopar o animal, vão deixá-lo mais relaxado e tranquilo. Ajudam bastante a acalmar os bichos”, Rafael Luiz Júnior, da Planet Pet.

Confira opções de hospedagem de pets em Setúbal

Dog e Cat Dream

Oferece hospedagem e atividades diversas.

Não inclui comida, cada dono leva a ração do seu bicho.

O local conta com creche, natação, fisioterapia, acupuntura, banho e tosa, ofurô, veterinários especializados em oftalmologia, adestramento e espaço para festas e eventos.

Rua Setúbal, 482

Tel: (81) 3049.1670

Preços: R$ 100 a R$ 120 / com negociação de pacotes

Planet Pet

Oferece hospedagem com opções de recreação em playground. Os animais ficam em canil climatizado.

Não inclui comida, cada dono leva a ração do seu bicho.

Embora não seja fundamental, o local recomenda que os donos levem as caminhas e panelinhas, para o animal se sentir mais à vontade e tranquilo.

Rua Dez de Julho, 414

Tel.: (81) 3462.6308

Preços: a partir de R$ 60 / varia de acordo com o tamanho do pet

Animais a bordo – Nos casos em que não é possível deixar o animal em um hotel ou sob os cuidados de alguém, é preciso ficar atento à condução dele dentro de um veículo. O código de Trânsito Brasileiro (CTB) não obriga o dono a conduzir o animal em caixas ou na coleira, porém estabelece multas para quem transportar o animal na área externa do carro ou no lado esquerdo, espaço do motorista.

De acordo com o Departamento de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE), o ideal é que os bichos estejam presos a cintos especiais, casinhas ou cadeiras adequadas, sempre no banco de trás, de forma que não comprometa a segurança do veículo ou dos passageiros.

Legislação

Art. 235. Conduzir pessoas, animais ou carga nas partes externas do veículo, salvo nos casos devidamente autorizados:

Infração – grave (5 pontos na CNH)

Penalidade – multa (R$ 127,69)

Medida administrativa – retenção do veículo para transbordo.

Art. 252. Dirigir o veículo:

II – transportando pessoas, animais ou volume à sua esquerda ou entre os braços e pernas

Infração – média (4 pontos na CNH)

Penalidade – multa (R$ 85,13)

Quer sugerir pautas e/ou ser colaborador(a) de Setúbal? Escreve para a gente: poraqui@jc.com.br.

LEIA TAMBÉM

A festa não para. Nesta quinta (23), tem mais arraial de rua em Setúbal

Um guia de onde comprar e encomendar comidas juninas em Setúbal

Boleria das Marias arma arraial e ensina a fazer bolo de milho verde