Por Júlia Lyra

Pelo terceiro ano consecutivo, a In Loco, empresa pernambucana especializada em soluções de tecnologia de localização, está sendo uma das apoiadoras da Olimpíada Pernambucana de Informática (OPEI). A competição é organizada por alunos do grupo PET-Informática do Centro de Informática (CIn) da UFPE e voltada para estudantes de Ensinos Fundamental e Médio das instituições públicas e privadas de todo o estado.

LEIA TAMBÉM:

Tecnologia gera mais empregos do que destrói. Conheça 7 novas carreiras

A In Loco surgiu a partir de um projeto criado por alunos de graduação do CIn para a disciplina “Projeto de Desenvolvimento”, mais conhecida como “projetão”, em 2011. Logo no ano seguinte (2012), o projeto, que é baseado em uma tecnologia de localização indoor que serve como ferramenta publicitária e de análise de comportamento de consumo, ingressou no programa de incubação do Porto Digital, instalando-se no parque tecnológico.

Focada no oferecimento de um serviço de publicidade hipersegmentada e direcionada a partir da geolocalização em aparelhos móveis, a In Loco teve uma notável aceitação no mercado, o que resultou no rápido crescimento da empresa. Além disso, a startup pernambucana foi reconhecida mundialmente ao conquistar o 4º lugar da Microsoft Indoor Localization Competition na categoria Infrastructure-free Approaches. Em 2015, foi eleita como uma uma das 15 startups mais promissoras do mercado publicitário mundial, no Start-up Academy: Cannes Lions Innovation.

Hoje, a In Loco colhe os frutos do potencial e da dedicação de seus empreendedores, mas, assim como a Olimpíada Pernambucana de Informática, essa trajetória só pôde ser concretizada a partir da iniciativa de estudantes. Isso demonstra que, principalmente em um cenário marcado pela alta competitividade e imprevisibilidade do mercado, persistir naquilo que acredita é um importante passo para o sucesso profissional.

Nesse sentido, a Olimpíada foi definida pelo executivo de relações públicas da In Loco, Carlos Macêdo, como “totalmente necessária para o desenvolvimento das habilidades que são exigidas agora no século XXI”. “É  incrível ver os jovens programando desde cedo e imaginando um futuro bem possível que é o de ser um profissional de computação, tão necessário nas próximas décadas”.

Tem interesse em algum ramo da tecnologia? Venha participar da OPEI – Olimpíada Pernambucana de Informática, com modalidades do 8º e 9º anos e Ensino Médio. Já estamos na nossa 4º edição e é uma iniciativa realizada pelo PET-Informática, em conjunto com a Universidade Federal de Pernambuco e empresas parceiras.

OPEI – Olimpíada Pernambucana de Informática
Centro de Informática da Universidade Federal de Pernambuco, Cidade Universitária, Recife – PE
Data: 1º de setembro de 2018
Preço: Gratuito
Inscrições: online, através do site da OPEI
Informações: opei@cin.ufpe.br