De hoje até a quinta-feira (23 a 26), a Escola de Arte João Pernambuco realiza o Abril para as Artes, festival gratuito que reúne atividades de fruição e formação unindo música, teatro, performance, dança, rádio, audiovisual, artes visuais e literatura.

Em 2018 o Abril para as Artes tem como tema a própria escola, destacando a importância da João Pernambuco para o quadro artístico do Recife e convidando a comunidade a pensar e discutir políticas voltadas para a arte, cultura e educação.

Moda e café: marca de acessórios lança coleção em parceria com cafeteria

Cerca de 59 atrações compõem a programação do evento, que conta com oficinas, palestras, shows, musicais, teatro, dança, performance, audiovisual, literatura e artes plásticas. Para participar das oficinas, o interessado deve chegar com 20 minutos de antecedência para garantir a vaga. Ao final, será dado certificado de participação.

O evento é produzido pelos alunos da escola, através de monitoria acadêmica, e todas as atividades são gratuitas e abertas ao público.

Confira a programação completa do Abril para as Artes 2018:

23/04, segunda-feira

Noite
18h30 – Onde termina minha casa (Angélica Granados)
20h – Teste de Elenco (Mei Jin Lian)
20h20 – Memórias Inventadas (Turma de Teatro Básico 3º Período Noite)
21h – Navalha na Carne – Leitura Dramatizada (Turma de Teatro Profissional 1º Período)
21h30 – Apresentação musical (Fernandes)

24/04, terça-feira

Manhã
11h – Apresentação da Oficina Infantil EMAJPE
11h10 – Contação de História (Selma Camêlo)

Tarde
14h30 – Contação de História (Selma Camêlo)
15h – Acalanto pra gente pequena (Cia. Os Amigos lá de trás)
16h – Romance e feminino no Brasil, uma evolução: Iracema, Capitu, Sinha Vitoria e Diadorim (Edson José da Silva)
16h40 – Apresentação musical (Prof. Alesson Queiroz)
17h – Guitarras do Seu João (Arthur de Andrade)

Noite
18h – Serearei (Vinícius de Farias)
19h30 – Ele, Artaud! (Laboratório de Aprofundamento Cênico EMAJPE – LAC)
20h – Carimbó no meio Pitchiú (Douglas Ferreira)
20h10 – Day To Shine (Tynho Soares)
20h20 – Apresentação musical (os ambulantes)
20h40 – Bohemia (Rafael Victor)
21h – Além de Si – A busca (Ilumin Dance)
21h10 – Fragmento do espetáculo Luz, Música & Ação (Cia de Dança Guilherme Queirós)
21h30 – Samba Romântico (Dão do Samba)

25/04, quarta-feira

Tarde
14h – Oficina Assim nasce a poesia (Neide Germano)
15h – Workshop Gambiarras do Corpo (Adelmo do Vale)
16h20 – Apresentação musical (Prof. Gilberto e Oficina de Música)
16h30 – Isso é Somente o Rock and Roll (Sintonia Expressa Aérea)
17h30 – Apresentação musical (Grupo Coroa de Frade)

Noite
18h – A linguagem do sentir (Suelen Mazza)
18h15 – TransGRESSÃO (Lua Luz)
18h40 – Semente (J. Xavier)
19h30 – Quem são eles (Mateus Silva)
20h10 – Os Cabeças de Rádio (Neto Costa)
21h – Pocket Show Seresdamata (Grupo Seresdamata)

26/04, quinta-feira

Manhã
8h – Oficina Farra da Kizomba (Augusto José)
10h40 – Oficina Canto Coral Infantil
11h – Apresentação musical (Josué Lucas)
11h40 – Apresentação musical (Márcia Amorim)
11h55 – Frevo (Oficina de Dança Brasileira – Manhã)

Tarde
14h – Oficina Acrílica (Laura Pascoal)
15h20 – Frevo (Oficina de Dança Brasileira – Tarde)
15h30 – Apresentação musical (Prof. Rogério e Grupo de Flautas EMAJPE)
15h40 – A importância da EMAJPE para a formação da(o) artista na cidade do Recife (Fred Nascimento)
16h30 – Rodas de Conversa sobre as linguagens ofertadas na escola

Noite – Praça da Várzea
18h30 – Apresentação musical (Canto Coral EMAJPE)
19h – Apresentação musical (Professores EMAJPE)
19h30 – Pocket Show Flor de Maracujá (Amauri Nascimento)
20h10 – Samba (Grupo Pele Negra)
20h50 – Maracatu Real da Várzea
21h30 – Afro, Fulgor, Beleza e Fé (Coletivo Beleza e Fé)

Exposições e Instalações – Artes visuais

Adriano gomes – Amor à Arte
Bruxa – Faces
Carolina Alexandre da Mota – Coletivo/Passageiro
Kellen Karollyne dos Santos – Vai que cola?!
Lua Julia N. Lander Novaes e Lima – Sem Título, Ovo Órfico, História do Universo: Princípios do Hoje, Sem Título, Izanami: O Nascimento do Japão, Polução Noturna (Prazer), Polução Noturna (Noite), Peixe Cósmico: a criação, o universo, a eclosão
Núbia Deaquino – Entre Aiyê e Orum
Rayellen Alves – Blues