Por Elizama Messias, Coordenadora Pedagógica da Escola Municipal de Arte João Pernambuco 

Em meio a um cenário político tão conturbado, as instituições e as pessoas acabam ficando desacreditadas, desiludidas e alguns conceitos como participação popular, democratização, mobilização, conselho escolar se tornam vazios, tamanha a decepção.

Acreditar na mudança e participar em prol dela se torna urgente! Do dia 16 a 22 de maio a Escola Municipal de Arte João Pernambuco, realizou sete assembleias junto à comunidade escolar em diferentes turnos e horários para mobilizar famílias, estudantes, professores, funcionários e comunidade circunvizinha em torno de um assunto: eleições do conselho escolar.

Foram realizadas assembléias para discutir a eleição do conselho escolar (Foto: EMAJP/Facebook)

Na ocasião, foram expostas e discutidas informações sobre o que é conselho escolar, qual a sua importância, suas funções e os segmentos que o compõem. Foi aberto, também, o edital para a composição da Comissão Eleitoral.

O Conselho Escolar tem função normativa, consultiva, mobilizadora, fiscalizadora e deliberativa e é o órgão máximo para a tomada de decisão nas escolas, formado por todos os segmentos da comunidade escolar: professores, estudantes, funcionários, famílias e comunidade do bairro.

A eleição do Conselho Escolar é regulamentada pela lei orgânica, n. 15.709/92. Neste processo a maior dificuldade que temos é de mobilizar as famílias dos estudantes e a comunidade circunvizinha.

A comissão eleitoral, que conta com nove membros e quatro colaboradores, aprovou um calendário preliminar e convida toda a comunidade escolar a participar ativamente deste processo na perspectiva de fazer a diferença a partir dos locais cotidianos de convivência.

Vamos que vamos participando sempre!

Calendário:

24 a 31/05 – Inscrições para candidatos de todos os segmentos -das 9h às 20h30 na secretaria da escola

01/06 – Divulgação dos inscritos às 10h

01 a 12/06 – Campanha Eleitoral

13, 14 e 15/06 – Eleição