Ele estava na quinta série do ensino fundamental quando viu, na capa do livro de Ciências, a famosa imagem pintada por Michelangelo no teto da Capela Sistina, na Itália, intitulada A Criação de Adão. Era o terceiro dos 13 filhos de um marceneiro e uma dona de casa, morava em Bom Jardim, mas estudava em Surubim, interior de Pernambuco. O pequeno Genézio Gomes ficou tão fascinado pela pintura, que guardou a capa do livro por vários anos e perdeu a conta de quantas vezes copiou a cena de Deus criando o homem em seus cadernos.

A cena pintada por Michelangelo inspirou o pernambucano desde criança
A cena pintada por Michelangelo inspirou o pernambucano desde criança

Duas décadas mais tarde, o jovem escultor, já formado pela Universidade Federal de Pernambuco e dono de seu próprio ateliê, na Várzea, esteve em Roma e se viu cara a cara com o afresco pintado por seu ídolo no século 16.

“O que senti? Foi como se estivesse flutuando nas nuvens, tudo me era familiar. É como se aquela maravilha toda fosse parte de mim”, define Genézio, hoje um dos grandes nomes da escultura em Pernambuco.

LEIA TAMBÉM:

Festival de Inverno da Várzea divulga primeiras atrações. Saiba como participar

Escolinha de Arte Casa Nova, em Aldeia, une férias, artes e natureza

Genézio ensinando modelagem em argila a seus alunos
Genézio ensinando modelagem em argila a seus alunos

Aos 49 anos, Genézio já conseguiu realizar seus sonhos: ser capaz de viver da arte, ainda que sem luxo, e construir seu ateliê/casa/galeria do jeito que sonhou, com arte por dentro e por fora.

É na rua São Francisco de Paula, 291, que ele ergueu seu “templo” de três andares, com a fachada toda revestida de ladrilhos verdes e vermelhos, colunas com capitéis esculpidos a mão, luminárias e esculturas em tamanho natural retratando seus admirados Michelangelo, Aleijadinho, Fídias, Bernini e Camille Claudel.

A casa/ateliê/galeria de arte de Genézio, decorada por ele mesmo
A casa/ateliê/galeria de arte de Genézio, decorada por ele mesmo

A casa chama a atenção de quem passa pela rua e, por isso, muita gente aparece querendo conhecer o espaço. “Tem dias que fica até difícil trabalhar porque tenho que parar para receber as pessoas”, diz Genézio, adiantando que pretende contratar um funcionário só para acompanhar os visitantes que chegam para ver o ateliê e a galeria onde guarda suas peças.

Sunshine

Deusas gregas réplicas das que foram para o Motel Sunshine
Deusas gregas réplicas das que foram para o Motel Sunshine

Para construir seu palácio, o artista vem trabalhando desde 1998 (ele diz que ainda não está acabado), quando comprou o terreno na beira do Rio Capibaribe com o dinheiro ganho num de seus trabalhos de maior vulto: 150 esculturas de figuras da mitologia greco-romano em tamanho natural, que esculpiu para o Motel Sunshine, que funcionava em Boa Viagem.

Ele lembra que a encomenda consumiu dois anos de trabalho, mas também lhe rendeu, além do terreno onde construiu sua casa, três viagens à Europa, onde visitou dezenas de ateliês, museus e galerias.

Arte diária

Nas tardes de quintas e sábados o ateliê recebe os alunos de modelagem em argila
Nas tardes de quintas e sábados, o ateliê recebe os alunos de modelagem em argila

Atualmente, conta, as encomendas são tantas que ele praticamente só coordena o trabalho de seus assistentes e dá o toque final às peças. A maioria de seus clientes, hoje, é de fora de Pernambuco.

Há peças suas em cidades como Içara, em Santa Catarina, para onde enviou doze profetas com dois metros de altura cada, e Cachoeira Paulista, em São Paulo, para onde foi uma estátua d’A Estudante, de 1,9 metros.

Doze profetas em tamanho natural foram para o Santuário de Içara (SC)
Doze profetas em tamanho natural foram para o Santuário de Içara, em Santa Catarina

As esculturas de Genézio também já cruzaram os mares. Uma de suas mulheres gordas, com 3,5 metros de comprimento, foi enviada para Lisboa; Os 14 painéis de uma Via Sacra foram para a Ilha de Mindelo, em Cabo Verde; E mais de 15 máscaras revestidas com vidrilhos foram para uma ilha no Caribe.

“Todas essas encomendas foram no boca a boca, não faço divulgação”, revela o artista.

As mulheres gordinhas são marca de Genézio
As mulheres são marca de uma fase da carreira de Genézio

E na Surubim de sua infância, como não poderia deixar de ser, há muitas esculturas de Genézio; ele já nem sabe quantas. Entre elas, uma fonte gigantesca com anjos dirigindo uma carruagem, com enormes cavalos empinados e surubins saindo do lago. Há também uma Pietá gigante, um cacto estilizado revestido de pastilhas de vidro, e um presépio em tamanho natural, que todos os anos faz a festa de turistas e moradores da cidade na época do Natal.

Em Surubim, uma das peças majestosas de Genézio é a fonte da cidade
Em Surubim, uma das peças majestosas de Genézio é a fonte da cidade
Pietá: umas das peças que já esculpiu em diversos tamanhos
Pietá: umas das peças que já esculpiu em diversos tamanhos
As figuras do maracatu também são inspiração para o artista
As figuras do maracatu também são inspiração para o artista

Aulas de modelagem em argila

Além das peças encomendadas, Genézio também dá aulas em seu ateliê nas tardes de quintas e sábados. Segundo ele, mais de mil alunos já passaram por suas mãos nos 30 anos de profissão.

Três décadas que serão comemoradas em maio de 2019, com uma exposição retrospectiva e uma festa à fantasia ambientada na alta renascença italiana.

Com os irmãos Goreti e Genival, que ajudam no ateliê
Com os irmãos Goreti e Genival, que ajudam no ateliê

No ateliê da Várzea, onde os blocos de argila se misturam às estátuas de anjos, santos, seres mitológicos e figuras folclóricas, os alunos aprendem a modelar, fazer formas e fundir as peças. Ali, com as mãos na massa de terra, a criatividade flui e o estresse não entra. Uma ótima terapia para todas as idades.

Ateliê de Esculturas de Genézio Gomes
Rua São Francisco de Paula, 291, Várzea, Recife – PE
Fone: (081) 99975-7388
Aula de modelagem em argila: R$ 250 mensais (uma aula por semana)