O Centro de Convenções da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), principalmente seu teatro, já sediou peças, shows, festivais e eventos voltados para diferentes segmentos culturais. Era parte da agenda cultural do Recife. 

Fechado desde 2013 para reforma, que deveria durar dois anos, o local estava cercado de (boas) prospecções: reparo dos dois auditórios, inauguração de um cinema e requalificação do teatro. Porém, o cenário, hoje, é outro: abandonado, o local é uma sombra dos seus dias de glória e representa um triste retrato da situação de vários espaços culturais do Recife e de Olinda.

Inicialmente, o Centro de Convenções da UFPE seria fechado para reforma em 2014, após a Copa do Mundo, mas problemas na estrutura do piso fizeram com que fosse antecipado. Os levantamentos orçamentários tiveram início em 2014, com a licitação iniciada em 2015, mas finalizada apenas em 2016, devido a problemas com a primeira vencedora do processo. 

Em março do ano passado, um vendaval deslocou parte do telhado e, para evitar maiores danos, a universidade recorreu a uma verba emergencial do Governo Federal, que possibilitou a troca de toda a cobertura.

Agora o projeto de reforma está nas mãos da empresa ATP Projetos, que segundo Ana Julia de Souza, diretora do local, já iniciou um novo levantamento para saber as necessidades reais do projeto. 

“O primeiro espaço a ser finalizado será o setor de eventos, previsto para final de julho. Os levantamentos realizados em 2014 levaram a um orçamento preliminar em torno de 48 milhões, mas só saberemos o valor atualizado após a conclusão do projeto pela ATP, o que deverá ocorrer por volta de agosto”, explicou Ana Julia.

MELHORIAS

Após a conclusão do projeto – que inclui reforma do teatro, da plateia ao palco, passando pela climatização e outros aspectos técnicos, dois auditórios (um com 300 e outro com 200 lugares), cinema com tecnologia digital e capacidade para cerca de 250 pessoas, e salas de trabalho, além de melhorias na concha acústica – será realizada uma nova licitação para execução das obras. De acordo com a gestora, a expectativa é que o Centro de Convenções seja reaberto em 2019.

Com informações do JCOnline


O jornal de bairro evoluiu. No PorAqui, você encontra estações de conteúdo hiperlocal e colaborativo.

Para baixar o aplicativo: Android e iOS

Sugestões e colaborações: varzea@poraqui.news