Sabadão à tarde é dia do forró comer no centro! O lugar? Associação dos Servidores da Sudene, o popular Clube da Sudene, que fica no bairro de Engenho do Meio, juntinho da CDU. É lá que acontece, semanalmente, o encontro de forrozeiros no Espaço Cultural Dominguinhos, comandado pelo artista Ivan Ferraz.

Pense num negócio arretado! É forró pé-de-serra todos os sábados, das 15h às 20h, sem parar. E um salão enorme pronto pra receber quem quer botar seu arrasta-pé em dia. O lugar recebe tanto os associados, que entram de graça, quanto o público em geral, que paga R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). O estacionamento e mesas são gratuitos.

A iniciativa do forrozeiro, produtor e radialista Ivan Ferraz veio fortalecer o cenário do autêntico forró, que carece de espaços para mostrar o tanto de talentos que surgem tanto na capital como no interior do estado. Já são seis anos de resistência e o público tem comparecido!

Batismo

O Espaço Cultural Dominguinhos surgiu de um convite feito a Ivan pela direção do clube para promover uma programação cultural no local, aos sábados. “Vim aqui, achei um lugar excelente e vi que podia dar certo”, lembra Ivan.

Elesentiu que não era apenas fazer um forró semanal. Precisava de um mote, algo especial. Então, resolveu batizar o espaço com o nome do saudoso Dominguinhos. “Eu consultei o homenageado, claro, e ele ficou muito feliz e autorizou colocar o nome dele. Dominguinhos era muito generoso, e deu todo o apoio para a nossa iniciativa”.

Arraiá do Bem reúne forrozeiros em grande festa beneficente no Recife

(Foto: Reprodução/Facebook)

No dia 17 de março de 2012, o Espaço Cultural Dominguinhos fazia sua primeira festa. A inauguração teve a presença da cantora Liv Moraes, que, na ocasião, representou o pai, Dominguinhos.

Um mês depois, o próprio Dominguinhos apareceu lá e, como não poderia deixar de ser, deu uma canjinha. Pronto! Agora estava devidamente batizado e abençoado o lugar que virou reduto de forrozeiros e sanfoneiros de todos os lugares, desde então.

Divulgação

Ivan Ferraz, sertanejo de Floresta, sempre teve como princípio a defesa do forró pé-de-serra como legítima manifestação do povo nordestino. Além de cantor e compositor, ele apresenta o programa de rádio Forró, Verso e Viola, na Universitária FM (que também já foi programa de TV).

E o que ele faz agora no Clube da Sudene é extensão de sua luta em nome do forró. Contribuir para que os artistas do forró tenham espaço para se apresentar, em especial os jovens talentos. “A gente aqui procura trazer quem está no começo de carreira, e até mesmo os que já estão na estrada, mas que não tem oportunidade”.

No espaço, há banquinha com venda de discos de artistas do forró (Foto: Leonardo Vila Nova/PorAqui)

Mas, nem por isso, os nomes mais conhecidos deixam de marcar presença. Além do próprio Dominguinhos, já estiveram por lá Quinteto Violado, Amazan, Alcymar Monteiro, Novinho da Paraíba, Genival Lacerda, Assisão e vários outros. “Às vezes, eles vêm só marcar presença, o que já é muito importante. Mas, algumas vezes, vão dão uma canja também, o que fica melhor ainda, né não?”

Ivan Ferraz conduz o forró do Clube da Sudene há 6 anos (Foto: Leonardo Vila Nova/PorAqui)

No espaço, também há uma banquinha repleta de CDs de vários artistas do forró. “Quem quiser, é só trazer seu disco aqui para conhecimento do público”, diz Ivan. Parte desse material também é sorteado a cada sábado.

E não só gente de Pernambuco sobe ao palco do Espaço Cultural Dominguinhos. Forrozeiros de Natal (RN), Sergipe, Maceió (AL) e até Rio de Janeiro.

Agradecimentos a Claúdio Araújo, do site Forrozeiros PE, pela colaboração

Espaço Cultural Dominguinhos
⏰ Todos os sábados, das 15h às 20h
? Associação dos Servidores da Sudene (Clube da Sudene) | Rua Costa Sepúlveda, s/n – Engenho do Meio
? Gratuito (para associados) / R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia), para o público em geral