Neste sábado, a partir das 13h, o Instituto Ricardo Brennand, complexo cultural na Várzea, analisa o significado das manifestações dentro de mais uma edição do projeto Peça a Peça.

Leia também:

Férias: Instituto Ricardo Brennand abre inscrições para oficinas infantis

Perturbação da ordem pública ou expressão legítima de uma opinião coletiva? A discussão vai partir da análise das obras Barricada de Noite, de Philippe Gras, o Manifesto dos Cidadãos de Pernambuco, que compões a Exposição de Fran Post e o Brasil Holandês, e os Camponeses de Papel Machê, do México.

Além de discutir o tema através da análise das obras, esta edição do Peça a Peça vai contar com a ação performática Manifestem-se, com o grafiteiro Dogão, e com uma palestra encabeçada pelo historiador João Victor Braga de Souza, onde serão abordados os movimentos sociais no Recife.

O Peça a Peça é um programa mensal que busca debater obras do acervo do Instituto Ricardo Brennand. A atividade está inclusa no valor do ingresso que custa R$ 30 inteira e R$ 15 meia entrada.

Peça a Peça no Instituto Ricardo Brennand
Alameda Antônio Brennand, Várzea, Recife – PE
21 de julho, sábado, a partir das 13h
Entrada: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia) (Pessoas com deficiência, estudantes, professores e idosos acima de 60 anos mediante documentação comprobatória)
Informações: (81) 2121-0352