Quem ainda não conferiu tem até o dia 2 de abril para curtir, no Instituto Ricardo Brennand (IRB), a exposição Debret e a Missão Artística Francesa no Brasil – 200 Anos, marcando os dois séculos da chegada do pintor francês Jean-Baptiste Debret ao Brasil.

A exposição, com curadoria do filósofo e sociólogo francês Jacques Leenhardt, reúne cerca de 80 aquarelas e um exemplar do livro Viagem pitoresca e histórica ao Brasil, além da pintura a óleo Mercado de Escravos de Valongo (Rio de Janeiro), do acervo permanente do colecionar Ricardo Brennand. As obras retratam o cotidiano do Brasil colonial do século XIX e as várias camadas da população brasileira da época.

A aquarela 'Loja da Rua do Valongo' é um dos 79 desenhos da exposição (crédito: IRB/divulgação)

As obras foram divididas por temas e serão exibidas na Pinacoteca do IRB, na Sala da Rainha. Entre as seções, estão representados o cotidiano da corte, em Os dois ateliês: Ateliê da Corte, Ateliê da Rua, a vida dos indígenas, em A Casta selvagem, e o dia a dia da população escrava, em A vida dos negros no mundo da escravidão.

Jean-Baptiste Debret chegou ao Brasil em 1816, integrando a Missão Artística Francesa que veio ao País para fundar uma Academia de Belas Artes no Rio de Janeiro. Sua obra no País é extensa e conta com mais de 700 desenhos – aquarelas, em sua maioria -, além de pinturas para o pano de boca do Teatro São João, no Rio de Janeiro, trabalhos de ornamentação para festas públicas e oficiais, assim como solenidades da aclamação de D. João VI.

Os ingressos para a exposição custam R$ 25 (inteira) e R$ 12 (meia). O Instituto Ricardo Brennand fica na Rua Mário Campelo, 700, e funciona de terça a domingo, das 13h às 17h.

Exposição Debret e a Missão Artística Francesa no Brasil – 200 Anos
Instituto Ricardo Brennand – Rua Mário Campelo, 700
De 3 de fevereiro a 2 de abril
De terça a domingo, das 13h às 17h
R$ 25 (inteira) e R$ 12 (meia: pessoas com deficiência, estudantes, professores e idosos acima de 60 anos mediante documentação comprobatória)


O jornal de bairro evoluiu. No PorAqui, você encontra estações de conteúdo hiperlocal e colaborativo.

Para baixar o aplicativo: Android e iOS

Sugestões e colaborações: varzea@poraqui.news