Na próxima quinta (17), a 3ª Mostra Ambiental do Recife (MARÉ) chega ao Centro de Artes e Comunicação (CAC) da Universidade Federal de Pernambuco, na Cidade Universitária.

A mostra, que começou no sábado (12) e vai até a sexta-feira (18), tem três temas ambientais que guiam as atividades: Cidades & Conflitos, Povos & Territórios, Ecossistemas & Biodiversidade. A programação, espalhada por vários pontos do Recife, conta com sessões de exibição de filmes, mesas de debate, saraus e oficinas.

Na UFPE, o evento segue na Praça do CAC com o Slam da MARÉ, com o Coletivo Controverso Urbano, às 17h. Em seguida, às 18h, é a vez da Sessão Guerrilha e, às 19h, a mesa “A produção do espaço e a gentrificação da cidade” traz um debate com Com Cristina Araújo, professora Departamento de Arquitetura e Urbanismo da UFPE, o cineasta Tiago Delácio e a advogada popular Luana Varejão. A mediação será realizada por Rafael Buda, produtor cultural e coordenador da MARÉ.

O Centro de Artes e Comunicação da UFPE fica no Campus Recife, na Cidade Universitária. A entrada é franca.

Confira a programação do evento:

Dia 15 (terça-feira)

Cinema São Luiz (Preço único: R$ 5)

17h: Mesa: “A contradição do capital tem gênero, cor e orientação sexual”, com Fabiana Moraes (jornalista, escritora e cineasta), Cida Pedrosa (poeta e Secretária da Mulher do Recife) e Laudijane Domingos (Presidenta da União Brasileira de Mulheres de PE). Mediação: Daniele Carvalho (bióloga e educadora ambiental)
19h30: Exibição: Dia de pagamento (PE, 2016), de Fabiana Moraes e Cidades fantasmas (2017), de Tyrell Spencer

Dia 16 (quarta-feira)

Cinema São Luiz (Preço único: R$ 5)

17h: Mesa O colapso ambiental e a segunda natureza, com Rafael Amorim (cineasta), Maurício Guerra (Secretário Executivo de Meio Ambiente do Recife) e Augusto Semente (Movimento Mata Uchôa). Mediação: Patrícia Caldas (geógrafa e pesquisadora)]
19h30: Exibição: Nanã (PE, 2017, doc, cor, HD, 25’), de Rafael Amorim e O botão de pérola (El botón de nacár, Chile, França, Espanha, 2015, doc, cor, HD, 82’), de Patricio Guzmán

Quinta 17/08

UFPE – Praça do CAC (Entrada franca)

17h: SLAM da MARÉ com o Coletivo Controverso Urbano
18h: Sessão Guerrilha
19h: Mesa: “A produção do espaço e a gentrificação da cidade”
Com Cristina Araújo (professora DAU-UFPE), Tiago Delácio (cineasta e mestrando em DAU-UFPE) e Luana Varejão (advogada popular e mestranda em DAU-UFPE). Mediação: Rafael Buda (produtor cultural e coordenador da MARÉ)

Dia 18 (sexta-feira)

Ilha de Deus (Entrada franca)

16h: Visita guiada na Ilha de Deus
17h: Sarau Poético: As Cumade
18h: Mesa: “Fissura no capital e o turismo de base comunitária”,
Com João Paulo (turismólogo e doutorando no MDU-UFPE) e Josenilda Pedro – Nalvinha (Centro Educacional Saber Viver)
18h30: Mostra de curtas
Pequena área (PE, 2014), de Tiago Martins Rêgo e Sebba Cavalcante
Fora presídio (PE, 2016), de Coletivo Ficcionalizar
Fotograma (PE, 2016), de Luís Henrique Leal e Caio Zatti
Iluminadas (PE, 2016), de Gabi Saegesser
Latossolo (BA, 2017), de Michel Santos