O Instituto Papai, no bairro da Várzea, Zona Oeste do Recife, está se desfazendo da sua biblioteca, com um acervo de cerca de 7 mil itens. O motivo? Falta de recursos para a manutenção e organização dos livros, cartilhas e vídeos. 🙁

Segundo Mariana Azevedo, coordenadora geral do Papai, o desmanche do acervo é um momento de pesar para a ONG, porém necessário.

“Não parece, mas manter o acervo de uma biblioteca ‘vivo’ requer muito trabalho. Desde o trabalho de processamento dos novos títulos, controle do acervo, atualização da base de dados até a limpeza e conservação do material. Tem sido muito difícil – pra não dizer impossível – captar recursos para o custeio desse tipo de atividade”, lamenta.

Os cerca de 7 mil livros que compõem a biblioteca formam um acervo rico sobre as temáticas principais do instituto – feminismo, estudos sobre a mulher, masculinidade, raça, juventude e saúde coletiva.

(Foto: Instituto Papai)

“Temos títulos de ciências humanas em geral – especialmente psicologia –, mas nosso acervo é voltado para os temas principais do nosso trabalho. Temos, também, muitos vídeos educativos nessas temáticas e também manuais e cartilhas para trabalhar os temas com grupos”, reforça.

Doação e bazar

Para que o acervo continue servindo a pesquisas e sendo utilizado, a saída encontrada pelo instituto foi a doação do material para a biblioteca do Núcleo de Estudos e Pesquisa em Gênero e Masculinidades da Universidade Federal de Pernambuco, ligado ao Departamento de Psicologia da instituição.

“Nos últimos tempos, com a facilidade de acesso da internet, a procura presencial pelo acervo tem diminuído. Para facilitar e continuar servindo à pesquisa, vamos doar parte do acervo para a UFPE. O que não for doado, será vendido em um bazar que o instituto organizará em breve”, avisa a coordenadora geral do Papai.

(Foto: Instituto Papai)

Fundado em 1997, o Instituto Papai atua há 20 anos em questões relacionadas ao feminismo e à experiência masculina no contexto da vida reprodutiva e no cuidado com as crianças. Sua sede fica na Rua Mardônio Nascimento, 119, no bairro da Várzea.

Instituto Papai   – (81) 3271-4804